Locais pré-históricos onde encontraram prováveis templos, sinal da crença em deuses – Stonehenge e Hagar Qim

Banner Background

Os antepassados ​​da civilização que construiu Stonehenge – monumento do Período Neolítico (8000 a 5000 a.C.) localizado no interior da Inglaterra – teriam viajado pelo Mediterrâneo, da Anatólia (atual Turquia) até chegar à Grã-Bretanha por volta de 5000 a.C. Antes disso, a Europa era povoada por pequenos grupos nômades que caçavam animais e colhiam plantas silvestres.

Além da agricultura, os migrantes neolíticos introduziram a tradição de construir monumentos usando grandes pedras (megalitos, que chegam a ter 5 metros de altura e a pesar 50 toneladas). Há também evidências da existência de caçadores-coletores britânicos; o “Homem de Cheddar” é um dos britânicos mais antigos de que se tem registro, cujos restos mortais datam de 7100 a.C.

Stonehenge, localizado na planície de Salisbury, no condado de Wiltshire, próximo a Londres, é um dos principais monumentos arquitetônicos da fase final da Pré-História, quando os grupos humanos passaram a praticar a agricultura, criando uma série de ferramentas com novos materiais e novas técnicas.

Pelos estudos realizados, percebe-se que o local servia para determinar o ciclo agrícola, o solstício (as duas datas do ano em que o Sol atinge o maior grau de afastamento angular do equador, no seu aparente movimento no céu) e equinócio, ambos eventos celestes que anunciam as mudanças de estação. O alinhamento astronômico sob a pedra principal de Stonehenge se dá precisamente no dia 21 de junho: o Sol nasce em perfeita exatidão sob a pedra principal. Há sofisticação da matemática e da engenharia na construção do monumento.

Também há indícios de que o local era utilizado para a realização de rituais religiosos, evidenciando a união que existe na humanidade entre os conhecimentos astronômicos e o domínio religioso. No núcleo há uma espécie de altar, formado por bancos de pedras. Acredita-se que as cerimônias religiosas realizadas no local faziam sacrifícios e rituais destinados à adoração da divindade solar e à busca de cura para as doenças.

 

Stonehenge – Grã-Bretanha.

 

Hagar Qim

Hagar Qim, na Ilha de Malta, no Mar Mediterrâneo (ao sul da Itália e ao norte da África) é um complexo com um templo principal e três estruturas megalíticas adicionais, ao lado. Data de 3600-3200 a.C. e foi escavado pela primeira vez em 1839. A presença de um altar com um topo côncavo indica um possível uso para o sacrifício e ossos de numerosos animais sacrificados foram encontrados pelos pesquisadores.

Hagar Qim – Ilha de Malta.